Posted 30 August 2014, 3 hours ago | 392,920 notes | reblog this post
(originally date / via n-o-v-o-h-e-r-o-i)
Aquilo doía, e não é um eufemismo. Doía como uma surra.
John Green.  (via ofuscador)
Posted 30 August 2014, 3 hours ago | 7,761 notes | reblog this post
(originally cuidavel / via ofuscador)
Ela Cerveja, Ele Coca Cola. Ela disco, ele tinta. Ela toca, ele pinta. Ela dança, ele tenta. Ela sorri, ele não aguenta. Ela escandalosa, ele calado. Ela festeira, ele sossegado. Ela quer ir, ele tá de boa. Ela desiste, ele ‘me perdoa’. Ela pontual, ele demora. Ela tem pressa, ele sem hora. Ela espera, ele vai embora. Ela pergunta, ele enrola. Ela desencana, ele peleja. Ela explica, ele boceja. Ela respira, ele fraqueja. Ela entende, ele a beija. Ela ponto, ele porém. Ela forte, ele do bem. Ela do momento, ele do além. Ela ama, ele também.
Pedro Bial.  (via ofuscador)
Posted 30 August 2014, 3 hours ago | 54,263 notes | reblog this post
(originally naquelatarde / via ofuscador)
Ela é aquilo que ninguém vê. E tudo aquilo que ele gosta. No mesmo frasco, atrás do rótulo.
Gabito Nunes. ( (via decepciona)
Posted 30 August 2014, 3 hours ago | 97 notes | reblog this post
(originally opinadora / via decepciona)
As vezes estar certo, machuca.
Kelvy Rodrigues  (via decepciona)
Posted 30 August 2014, 3 hours ago | 145 notes | reblog this post
(originally reencarnado / via decepciona)
Quando a verdade de outra pessoa fecha com a sua, e parece que aquilo foi escrito só pra você, é maravilhoso.
Charles Bukowski. (via recomendar)
Posted 30 August 2014, 3 hours ago | 342 notes | reblog this post
(originally cerejeiro / via recomendar)
Infelizmente, não posso te carregar no colo. Suas culpas são pesadas como chumbo, sua bagagem não cabe nas minhas costas, seu passado escapa das minhas mãos. O máximo que posso fazer é andar ao seu lado, mas para isso você precisa querer caminhar. Quem fica parado não constrói nenhuma história.
Clarissa Corrêa  (via assoprador)
Posted 30 August 2014, 3 hours ago | 1,203 notes | reblog this post
(originally floreamar / via assoprador)
Posted 30 August 2014, 3 hours ago | 312 notes | reblog this post
(originally somentealexitimia / via velhocaos)
Me fez acreditar no amor e depois partiu..
 ireverente.  (via decepciona)
Posted 30 August 2014, 4 hours ago | 2,739 notes | reblog this post
(originally ireverente / via decepciona)
Eu não queria me apaixonar. Não queria precisar de ninguém, na verdade eu não queria nada. Mas ai você apareceu… E olha eu quis tudo.
ireverente  (via decepciona)
Posted 30 August 2014, 4 hours ago | 8,411 notes | reblog this post
(originally ireverente / via decepciona)
Cartas Da Alma
no desapontamento a esperança nasce...
"Dentro dela tem um coração bobo, que é sempre capaz de amar e de acreditar outra vez."

“Sofre horrores, mas continua do bem, sempre inventando histórias com final feliz.”
— Caio Fernando Abreu

(A interrogação é a paginação. Passe o mouse na foto.)
When spring ends
Love dies
theme por affectingyou; inspirado em decepcionar, com detalhes de maresia e quase-insana.
page 1 of 1164 »